segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Freud, Além da Alma (The Secret Passion) (Psicologia)



As concepções de Freud sobre o psiquismo - por agora pouco aprofundadas - despertaram muita polémica na sua época e foram mal recebidas. Em primeiro lugar, a ideia de que somos governados e movidos por desejos e impulsos inconscientes feria um preconceito moral - o de que somos agentes conscientes dos motivos dos nossos actos. Em segundo lugar, a ideia de que esses desejos insconscientes são, maioritariamente, de natureza sexual, violentava a «consciência moral» de uma sociedade que, aparentemente, reprimia profundamente as manifestações da sexualidade (Freud afirmava que os impulsos sexuais reprimidos desempenhavam um importante papel nas doenças nervosas). Em terceiro lugar, num momento em que os psicólogos, sob a influencia do behaviorismo, rejeitavam a ideia da psicologia como estudo da consciência e dos estados conscientes (por estes não serem objectivemente observáveis), Freud não podia deixar de causar enorme estranheza porque identificava a psicologia com o estudo dos processos mentais inconscientes, algo «muito menos observável» do que os fenómenos psíquicos conscientes. Em "Freud - Além da alma" (1962), John Huston pretende mostrar isso mesmo, como as teorias freudianas criaram uma nova forma de entender o psiquismo humano.

PROPOSTA DE TRABALHO

1. Faça um resumo do filme.
2. Identifique no filme as ideias de Freud sobre a mente humana que foram consideradas revolucionárias.
3. Depois de ver o filme, responda às seguintes questões:
- Por que motivo optou Freud pelo estudo das doenças mentais?
- O que levou Freud a adoptar a hipnose como método de estudo?
- Por que razão Freud abandona a hipnose?
-Qual foi a grande descoberta freudiana?
-Quais foram os momentos da vida de Freud que fizeram com que seguisse em frente com a sua teoria?

Sem comentários:

Enviar um comentário